• Soluções práticas para home offices

    Equipe Victória

    - 11 de November de 2011

    Livros, catálogos, papéis e aquele notebook ou PC. Os home offices estão cada vez mais compactos e podem ocupar os mais diversos espaços. Conheça algumas soluções para você colocar em prática na sua casa.

    HARMONIA COM A SALA
    Como a proprietária desse apartamento é jornalista e trabalha em casa, a arquiteta Gisele Emery integrou o home office com a sala de forma a mesclar estantes e armários para deixar o ambiente o mais harmonioso possível. Fã dos Beatles, o marido da jornalista aprovou as referências do grupo espalhadas pela casa, que estão na porta da cozinha, com janelas que remetem à música Yellow Submarine, e nos quadros em cima do sofá. Até mesmo a cafeteira ganhou status de objeto decorativo e teve lugar de destaque ao lado do aparador que serve como estação de trabalho. (projeto: Gisele Emery; marcenaria: Santa Edwiges)

    ESCRITÓRIO CAMUFLADO
    Sabe aquela vontade de esconder o espaço do home office quando chega a visita ou quando o desejo de casa arrumada bate com força? A arquiteta Lígia Resstom resolveu o problema projetando um nicho de 1,60 x 2,53 x 1,50 m* ao lado do living escondido por uma porta de correr. O espaço acomoda, sem apertos, todo o material específico para esse tipo de local. Sob a bancada, ela optou por um módulo de MDF revestido de laminado melamínico e rodízios para facilitar o movimento. A iluminação dentro do nicho oferece luz suficiente. (projeto: Lígia Resstom; móvel e gaveteiro volante: Marcenaria Fernandes)

    DENTRO DO ARMÁRIO
    A arquiteta Carla Mumme inspirou-se nos móveis já existentes no quarto de hóspedes desse apartamento para projetar o escritório dentro do guarda-roupa de MDF revestido de laminado melamínico padrão marfim e preto. A solução economizou espaço e propiciou um espaço mais limpo visualmente e ordenado. A profissional diz que o maior desafio foi criar a área para embutir a cadeira. O problema foi resolvido eixando a base livre. (projeto: Carla Mumme; execução: marceneiros Silvane e Samuel)

    APROVEITE O CANTO
    Que tal aproveitar aquele canto com ângulo mais fechado, normalmente sem serventia, e projetar ali um espaço para o computador? A ideia foi da arquiteta Maria Lúcia Padovani, que criou um móvel compacto composto apenas por duas prateleiras e uma bancada para o notebook em um espaço de 2,35 x 1,12 x 0,80 m*. A iluminação direcionada torna o local mais bem iluminado. A graça veio dos adesivos brancos aplicados sobre a marcenaria. (projeto: Maria Lúcia Padovani)

    TRIPLA FUNÇÃO
    Tem algum quarto inutilizado na sua casa? Ele pode ser bem-ocupado com uma três funções. As arquitetas do escritório Neo Arq utilizaram o local como escritório, sala de TV e para hospedar alguma visita, acomodada na poltrona-cama. Para os armários, foram usados MDF na estrutura e revestimento de folha de carvalho com partes em laminado melamínico branco. (projeto: Neo Arq; poltrona: Tok&Stok; cadeira: Modernidade Móveis; tapete: Etna; marcenaria: Movart)

    DE ARMÁRIO A ESCRITÓRIO
    Ao adquirir a casa, os proprietários perceberam que os armários fechados na sala não atendiam as suas necessidades. Como queriam um local que servisse para o computador e armazenasse livros, o arquiteto Jorge Kluwe viu o potencial do espaço e projetou ali o escritório no espaço de 1,20 x 2,28 x 0,55 m*. Toda a marcenaria foi projetada com MDF e revestida de laminado melamínico. Para a bancada e uma das prateleiras, Jorge usou lâmina natural de madeira cumaru. (projeto: Jorge Kluwe; marcenaria: KPK Oficina de Interiores)

    Originalmente publicado no Portal da Decoração.

    0

    Deixe seu comentário

    Favor, preencha corretamente o(s) campo(s):