• Quando vale a pena alugar um imóvel mobiliado

    Equipe Victória

    - 27 de October de 2011

    Alugar imóvel mobiliado é prática muito comum no exterior. Na Espanha, por exemplo, os móveis fazem parte do imóvel. Quando a família se muda, leva consigo apenas os bens pessoais. A mobília fica toda lá para servir ao uso dos próximos moradores. Aqui no Brasil, encontrar imóveis mobiliados para alugar não é tão comum, mas a procura começa a aumentar e a raridade e o conforto têm seu preço.

    “É bom lembrar que está tudo embutido no valor, por isso normalmente este tipo de imóvel é mais caro do que os que não incluem a mobília. O valor excedente pode compensar se o interessado estiver à procura de praticidade, comodidade e não quer perder tempo”, diz Antônio José da Silva, presidente da Primar Administradora de Bens.

    Os apartamentos ou casas mobiliadas são ideais para os recém-casados, profissionais que ainda não estão com a carreira estabilizada e que possuem uma grande mobilidade no que diz respeito à mudança de cidade ou estado e estudantes de outras regiões. “No cenário atual as pessoas se mudam com muito mais facilidade devido às exigências profissionais, acadêmicas ou outros motivos pessoais, como a busca por tratamento de saúde nas capitais”, aponta Silva.

    Para quem já tem seus próprios pertences os imóveis mobiliados podem trazer prejuízo, já que a pessoa terá que se desfazer de todos os seus móveis e quando decidir se mudar novamente, no caso do aluguel, terá que adquirir tudo de novo.

    Precauções

    Quando a casa ou apartamento é mobiliado, os cuidados com a vistoria devem ser ainda maiores. “O proprietário deve disponibilizar uma relação de todos os objetos que estão sendo comercializados para que os interessados saibam tudo o que está incluso no negócio”, orienta Silva. Com a lista de todos os móveis em mãos é hora de analisar o estado de conservação de cada peça para avaliar se o preço está de acordo e se vale a pena concretizar o negócio.

    Além desses cuidados específicos, alugar um imóvel mobiliado envolve as mesmas considerações de qualquer outra locação: localização, infra-estrutura do bairro, condições da edificação, zoneamento, vizinhança, necessidades da família etc. influem e muito na valorização do imóvel. “Assim como os imóveis sem mobília é preciso pesquisar bastante, conhecer várias opções e comparar os valores e os benefícios de cada proposta”, esclarece Silva.

    Matéria originalmente publicada no Portal da Revista Exame.
    Crédito da imagem: Freshome.

    0

    Deixe seu comentário

    Favor, preencha corretamente o(s) campo(s):