• Dúvidas sobre financiamento imobiliário

    Equipe Victória

    - 24 de May de 2012


    Uma das formas mais comuns de adquirir um imóvel é através do financiamento. O mercado oferece algumas formas para conseguir esse empréstimo, seja diretamente com a construtora ou no banco. Se você está prestes a comprar um imóvel, deve estar atento às dicas dessa matéria. Confira algumas dicas para evitar problemas futuros:

    Exigências para obter um financiamento imobiliário
    Ao comprar um imóvel diretamente com a construtora, é necessário apresentar documentos de identidade e CPF, não havendo exigência de “ficha limpa”. Já no financiamento bancário, além da “ficha limpa”, é exigido comprovação de rendimento adequado ao valor do crédito, pois o valor da prestação não pode ultrapassar 30% do valor da renda líquida. Também é preciso apresentar certidão de nascimento ou casamento, certidões de protestos, distribuidor judicial, imposto de renda e comprovante de residência.

    Tempo necessário para liberar o crédito
    Se o imóvel foi comprado direto com a construtora, o crédito sai imediatamente. Já em financeiras, o prazo é de 30 dias para aprovar o crédito e até 180 dias para liberar o dinheiro.

    Parcelamento de imóveis
    Em planos governamentais, como no Minha Casa, Minha Vida, o imóvel pode ser financiado em até 360 meses. Já pelo Sistema Financeiro da Habitação, até 240 meses. Em planos privados, como o Sistema Financeiro Imobiliário, o critério é da construtora, mas em geral, até 120 meses.

    Problemas que inviabilizam o financiamento
    No financiamento direto com a construtora, quando é emitido o contrato, as cláusulas chamadas “abusivas” deixam o comprador desmotivado para o negócio, pois favorecem a construtora com cobrança de taxas, comissão do corretor por fora, juros indevidos, correções ilegais, incorporação não registrada, entre outros. Nos planos oficiais e financiamentos bancários, a falta de cadastro limpo ou de renda mínima necessária são os maiores empecilhos.

    Opções de financiamento
    A Caixa é a melhor opção para as pessoas de classe média baixa ou de baixa renda, que podem comprar pelo programa Minha Casa, Minha Vida. Já para famílias da classe média com renda maior, financiar direto com a construtora é a melhor opção. E para quem não tem muita pressa no imóvel, a melhor opção é o consórcio.

    Foto: Portal Exame.

    0

    Deixe seu comentário

    Favor, preencha corretamente o(s) campo(s):